Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

EUA: cooperativa rural vai instalar maior parque solar do estado de Iowa

Mäyjo, 18.04.14

EUA: cooperativa rural vai instalar maior parque solar do estado de Iowa

 

O estado de Iowa, nos Estados Unidos, está prestes a receber o seu maior parque solar, que vai ser instalado por uma cooperativa rural na comunidade de Frytown.

Recentemente, os directores da cooperativa, a Farmers Electric Co-op, reorganizaram 36.422 metros quadrados (propriedade da cooperativa) para a instalação de um parque fotovoltaico de 500 quilowatts. De acordo com os directores, a construção deverá estar concluída em Março de 2014 e vai permitir satisfazer 15% das necessidades energéticas dos 600 elementos da localidade.

“Isto mantém o nosso dinheiro na comunidade”, afirma o gestor da Co-op, Warren McKenna, refere o Grist. “Não enviamos o nosso dinheiro para as grandes empresas. Poupamos o dinheiro de toda a gente”, acrescenta.

Esta não é a primeira vez que a Farmers Electric Co-op aposta nas energias renováveis. Fundada em 1916, a cooperativa começou a investir na energia solar desde 2008, altura em que instalou painéis solares nas escolas Township Elementary e Iowa Mennonite. Está também a ser planeada a instalação de um outro painel solar na Pathway Christian School.

Depois dos painéis fotovoltaicos, a cooperativa desenvolveu um jardim solar, que permite aos residentes locais adquirirem painéis solares a preço reduzido. O valor da energia gerada pelos painéis dos residentes é posteriormente descontada na factura da electricidade.

O estado de Iowa parece estar a apostar fortemente nas energias renováveis. Recentemente, o Facebook anunciou que o centro tecnológico em construção neste estado norte-americano, que deverá estar pronto em 2015, vai funcionar inteiramente com energia eólica.

Tal como a comunidade de Frytown, nos Estados Unidos, também as comunidades rurais portuguesas poderiam apostar num sistema semelhante, nomeadamente aquelas que ainda não possuem electricidade, por forma a gerarem a sua própria energia e potenciarem as suas poupanças, contribuindo sempre para um ambiente mais limpo.

 

Foto:  Muffet / Creative Commons